Na Croácia, a 20 km de Zagreb, foi encontrada uma fossa com cerca de 4.500 corpos de aliados dos nazistas, mortos no final da Segunda Guerra Mundial pelo antigo regime comunista iugoslavo.

Entre os mortos estão soldados do regime ustachi croata, aliado dos nazistas, e de cerca de 500 oficiais alemães.

As vítimas integravam a 39ª divisão da  Wehrmacht, composta por soldados croatas sob comando de oficiais alemães.

Esta divisão se rendeu às tropas comunistas do marechal Tito perto da cidade croata de Rijeka, no início de 1945. Provavelmente, os comunistas os executaram e enterraram os corpos nas fossas.

A estimativa do número de vítimas foi determinada com base em testemunhos.

Outras fossas da mesma época podem estar localizadas nessa mesma região.

Durante a Segunda Guerra Mundial, sérvios, ciganos e judeus foram mortos pelo regime ustachi croata, derrubado mais tarde pelos seguidores iugoslavos de Tito.

Veja também:

Comentários

  1. boa noite em primeiramente sou estudante , gostaria de mais informações sobre a primeira e a segunda guerra com fotos e resto de militares , fico agradecido pela resposta ok.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *