[tabs type=”horizontal”][tabs_head][tab_title]José Teixeira de Souza[/tab_title][/tabs_head][tab]

Nascimento: 03/08/1912
Falecimento: 04/12/1999 – 87 anos
Cidade: Barra do Mendes
Estado: BA
Regimento: 6º Regimento de Infantaria
Companhia:
Posto: 2º Sargento
Embarque: 02/07/1944
Retorno: 18/07/1945

 

[/tab][/tabs]

História: Em 03 de AGOSTO de 1912, NASCEU em Barra do Mendes, o herói de Guerra MAJOR JOSÉ TEIXEIRA DE SOUZA (MAJOR TEIXEIRA)
Filho de Manoel José Teixeira e Silvina Alves de Souza (Teixeira) (D. Rôxa) Seu pai, Manoel José, fora assassinado logo após ter cessado o “Barulho de 19” entre os Jagunços de dois coronéis dessa região.
Fora criado por sua mãe, Dona Rôxa.

Aos 19 anos, munido apenas do seu violão, saiu para o mundo, com um amigo, devido uma grande seca que assolou a Bahia, chegando a Minas Gerais, foram obrigados a parar, pedindo emprego numa fazenda de café, onde o dono além de arrumar trabalho, simpatizou-se muito com ele, e como era militar, deu-lhe uma carta de recomendação para chegando em São Paulo, ele se apresentar no quartel, e assim ele fez. Entrou para o serviço militar, e estudando muito, conseguiu promoções, chegando a 2° sargento. Foi então convocado para a Segunda Guerra Mundial, como pracinha da FEB – Força Expedicionária Brasileira. A Guerra, iniciada em setembro de 1939, foi a maior catástrofe provocada pelo homem em toda a sua longa história. Envolveu setenta e duas nações e foi travada em todos os continentes, de forma direta ou indiretamente. O número de mortos superou os cinquenta milhões havendo ainda uns vinte e oito milhões de mutilados. Terminada a Guerra, em 1945, volta ao Brasil coroado de glória, recebe promoção e tem carreira se sucesso na vida Militar.

Se casou com a sobrinha, Evanilde, filha de sua irmã Anália, (Dona Guilé) com quem teve os filhos: José Ney Matos Teixeira – Cynthia Matos Teixeira – Bartira Matos Teixeira – Ícaro Jocelyn – Isis Soraia – Aglaé Thais Matos Teixeira. A história do Major Teixeira merece ser lembrada por todos nós barramendenses, por ser um de nossos filhos mais ilustres, não somente pelo fato de ter sido herói de Guerra, mas devido logo após ter se aposentado, voltou a terra onde nasceu, e aqui fixa residência definitiva, quando poderia ter ficado em São Paulo gozando dos benefícios que lhe dera a carreira. Dezim, como era chamado pelos familiares e mais íntimos, era um apaixonado pela mãe, um dos filhos mais dedicados, segundo temos precisas informações. Além de tudo, foi um dos eruditos de Barra do Mendes, conservando em sua residência vasta biblioteca.
O Major Teixeira, faleceu viúvo aos 87 anos em 03 de dezembro de 1999, atendendo a um pedido seu, o Major Teixeira foi sepultado no cemitério do Povoado de São Bento, ao lado de sua mãe que jaz ali. Mais uma vez Barra do Mendes figura na história mundial, pois, dentre os vinte e Cinco mil militares da FEB, estava o barramendense, José Teixeira de Sousa. Nosso simples Dezinho, foi depois consagrado como o Major Teixeira, herói de guerra, da Segunda Guerra Mundial. Em 1º de janeiro de 1946, ou seja, há 70 anos atrás, o Major Teixeira chegava em Barra do Mendes sendo recebido com festas pelos seus habitantes. Trata-se na verdade de uma honra para nossa cidade, que tal figura tenha aqui nascido e para aqui voltado, dedicando a essa terra seus últimos anos de vida.

 

José Teixeira de Souza em Monte Castello portando uma metralhadora alemã.

 

Fonte: Cynthia Teixeira – Filha de José Teixeira de Souza

Veja também:

Comentários

  1. Parabéns aos descendentes do Herói Major Teixeira. Morei três anos em Irecê(BA), estive algumas vezes em Barra do Mendes. Em Irecê fui gerente Geral do Banco do Brasil, por volta de 1972.
    Augusto Figueiredo

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *