A primeira pistola automática Tokarev usada extensivamente foi a Tokarev TT-30, porém poucas unidades foram produzidas antes que o projeto conhecido como TT-33 fosse introduzido em 1933.

A TT-33 tornou-se, então, a pistola padrão do Exército Vermelho, substituindo os revólveres Nagant utilizados durante muitos anos. Mesmo assim, até 1945 haviam unidades dos revólveres Nagant, devido a confiança e resistência desta arma em todos os tipos de front.

A TT-33 era basicamente uma versão soviética da pistola estadunidense Colt-Browning e possuía o mesmo sistema de operação empregado na pistola M1911. Porém, os projetistas soviéticos realizaram diversas modificações que tornaram o mecanismo mais fácil de produzir e ser usada em campo de batalha.

O resultado foi uma arma resistente e prática, capaz de suportar um extensivo uso.

Em 1945, a TT-33 substitui todos os revólveres Nagant em serviço e a influência Soviética se espalhou pela Europa e pelo o mundo. Dessa forma, a TT-33 passa a ser encontrada em formas similares, como a chinesa Type 51. A Polônia também produziu a TT-33 para seu próprio uso e para exportar para a Alemanha Oriental e a Tchecoslováquia. A Coréia do Norte ainda tem sua própria variante na forma da M68.

A maior fabricante da TT-33 é a Hungria, que a redesenhou em diversas formas e a recalibrou para 9 mm. O resultado é conhecido como Tikagypt e foi exportada para o Egito, onde ainda é utilizada pela polícia local.

A Tokarev TT-33 hoje já não se encontra mais em uso nas Forças Armadas Russas, que passaram a utilizar a Markarov. No entanto, muitas unidades de segunda linha e milícias dos países da antiga União Soviética utilizam a TT-33.

Especificações da Tokarev TT-33


Calibre: 7,62mm
Comprimento: 196 mm
Comprimento do cano: 116mm
Peso: 0,830kg
Velocidade: 420 m/s
Pente da arma: 8 projéteis

Veja também:

Comentários

  1. Essa pistola…não seria no calibre 7.65 mm?
    esta de parabéns, o site e magnifico!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *