Volkswagen – O Carro do Povo – A Encomenda de Hitler que deu Origem ao Famoso Fusca

Em 1933, Hitler pretendia que cada alemão pudesse adquirir seu veículo, como objetivo de criar um grande mercado para manter a indústria automobilística na Alemanha. Para isso, ele confiou ao engenheiro Ferdinand Porsche a tarefa de projetar um carro que aliasse fácil manutenção, baixo custo de produção, motor potente e design moderno. Assim nasceu o Volkswagen, “o carro do povo”.

Após aceitar a encomenda de Hitler, em 1934, Porsche começou a projetar o Kfd-Wagen (KDF- Kraft Durch Freud – “Força de Alegria”), que passou a ser fabricado em 1938.

Ferdinand Porsche

 

O Kdf-Wagen é um conceito de carro que sobreviveu à guerra, sendo o pai do famoso Fusca, que seguiu o princípio do máximo aproveitamento de espaço.

No Kdf-Wagen original, o tanque de combustível ficava sob o capô do veículo.

 

Kdf-Wagen

Dados técnicos:

Motor: 4 cilindros, refrigerado a ar

Velocidade máxima: 100km/h

Capacidade: 5 pessoas

Preço: 990 marcos do Reich

Logo da marca durante os anos.

Fonte: Coleção 70º Aniversário da II Guerra Mundial (1939-1945) – Abril Coleções

Veja também:

Comentários

  1. A ideia entre os fabricantes alemães era de lançar um “volkswagen”, que, traduzindo do alemão, é “carro do povo” ou “carro popular”. Além da Mercedes em 1934, a Ford, a Adler, a Steyr e a Hanomag e outras venderam modelos mais simples e acessíveis, todos com o nome genérico de “volkswagen”.

    Duas fabricantes de motocicletas, a NSU e a Zundapp, chegaram a encomendar Ferdinand Porsche (que tinha um escritório de consultoria em Stuttgart) projetos para carros populares. Mas a arrancada final veio do governo alemão, interessado em motorizar o país e que pediu a Porsche o desenvolvimento de um modelo único que seria produzido por várias fábricas. Os três primeiros protótipos do VW-30 foram apresentados em outubro de 1936. O governo encomendou então à Mercedes-Benz a produção de mais 30 unidades para testes definitivos.

    Entretanto, como as empresas alemãs não se interessaram pela ideia de fabricar um mesmo modelo, o próprio governo decidiu, em 1937, produzir o carro. Criou então uma empresa chamada KdF (Kraft durch Freude, ou Força pela Alegria), nome de um sindicato oficial trabalhista. O carro foi batizado de KdF-Wagen. Mas acabou virando Volkswagen. Por causa da guerra, a produção do carro começou, de fato, em 1948.

    https://bramiguz.blogspot.com/

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *