Eu Servi na Base Aéra do Amapá na Segunda Guerra.

Em minhas pesquisas sobre o envolvimento do Brasil na Segunda Guerra Mundial eu encontrei alguns artigos na internet sobre uma Base Aérea no Amapá usada pelos americanos para o patrulhamento da costa brasileira, nessa base eram ancorados os Blimps ou mais conhecidos por Dirigível, da marinha norte americana.  No decorrer da pesquisa eu tive uma surpreendente surpresa ao se apresentar a mim por e-mail um veterano americano que serviu nessa base de 44 a 45 pelo Esquadrão de Blimps ZP-41, seu nome Al Grappone, que me relatou algumas poucas coisas por e-mail e também compartilhou um link onde tinha varias fotos da época e que irei compartilhar com todos.

All Grappone

 

Segundo Al Grappone a única entrada e saída da Base era por meio de barco ou avião. Os barcos só tinham acesso a Base quando a maré estava alta, e nesse momento é que era feito a entrega de suprimentos. Na Base tinha uma aldeia de nativos e uma Base do Exército, não tinha muito o que fazer na Base em momentos livres, a agitação mesmo eram nos momentos de patrulha e algumas vezes resgate de náufragos ou de pilotos que tivesse sido abatido ou que tivesse tido alguma pane.

Fonte: O próprio veterano

http://www.naval-airships.org

Também pode conhecer mais sobre a Base Aérea do Amapá no link abaixo:

A Desconhecida Base Aérea de Amapá (Amapa Airfield WW II)

 

Sobre Ricardo Lavecchia

Desenhista, Ilustrador e pesquisador sobre a Segunda Guerra Mundial

Veja também

Lutas esquecidas #9: Duelo entre USS Buckley e o U-66

A Batalha do Atlântico foi travada com algumas das mais novas tecnologias, no entanto, em …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *