jaeger

Hugo Jaeger

Entre 1936 e 1943, foi concedido ao fotógrafo alemão Hugo Jaeger um acesso sem precedentes a Adolf Hitler. Ele foi autorizado a fotografar viagens, pequenas reuniões, eventos públicos e muitas vezes momentos privados do Führer

Em 1945, quando os Aliados estavam prestes a levar a Alemanha à capitulação, Jaeger ficou cara a cara com seis soldados estadunidenses numa pequena cidade a oeste de Munique.

Durante uma busca a casa onde Jaeger estava hospedado, os estadunidenses encontraram a maleta de couro na qual o fotógrafo tinha escondido milhares de negativos.

Ele tinha consciência de que seria preso – ou pior -, se os estadunidenses descobrissem seus filmes e sua estreita ligação com Hitler. Mas o que aconteceu em seguida o surpreendeu. Dentro da mala onde estavam as imagens de Hitler, Jaeger também havia colocado uma garrafa de conhaque. Feliz com o achado, os militares se empenharam em tomar a bebida com Jaeger e o proprietário da casa. A mala foi esquecida.

Após a saída dos soldados, Jaeger pôs as imagens em 12 garrafas de vidro e as enterrou nas proximidades da cidade.

Anos após o término da guerra, retornou a cidade e cavando no local onde enterrara, reencontrou sua coleção. Todos os 2000 negativos ainda estavam em bom estado. Em 1965 ele os vendeu para a Revista LIFE.

Confira algumas fotos de Adolf Hitler feitas por Hugo Jaeger

 

Veja também:

Comentários

  1. Realmente fotos incríveis, todas em excelente estado. Parabéns pelo site, adoro tudo relacionado a II guerra e estou maravilhado com as informações contidas aqui!!!!!

    1. Muito Obrigado, Gabriel!
      Volte sempre!!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *